O que estou lendo neste mês?

by - quarta-feira, fevereiro 13, 2019

Em algum ponto ao longo dos meses eu sempre paro por um momento para contemplar o quanto perdi o controle da minha vida de leitora. Este é o momento neste mês - porque eu com certeza perdi as rédeas da minha vida não só de leitora.




Então vamos lá, fazer a contagem dos livros que estou lendo - coloquei em ordem alfabética para ficar organizadinho.

A Filha do Norte - Volume 2, Luisa Soresini
Depois de ter sofrido muito no passado, Michelle agora vive ao lado dos irmãos Vergamini, que foram amaldiçoados há cem anos por Elza e Meredith, as Bruxas do Leste e do Sul. Os monstros — como são vistos — a protegem com todas as forças depois de terem se apaixonado por ela. Porém, após o retorno do Danton — o líder e irmão mais poderoso — uma corrente de acontecimentos se desdobrará, com consequências devastadoras para todos. Em A Filha do Norte – Parte II, você irá adentrar no passado dessa protagonista e desvendar as razões dos seus sonhos e medos mais aterrorizantes. No momento em que as feridas de Michelle pareciam prontas para serem cicatrizadas, tudo virá à tona novamente para atormentá-la e ela descobrirá que a verdadeira força, na verdade, sempre esteve ao seu lado, travando uma luta em prol daqueles que ama.

Status de leitura: Querendo matar dona Luisa. Como esta belezinha é um calhamaço com pouco mais de 500 páginas, estou tomando meu tempo com a leitura e apreciando passar nervoso e ansiedade com alguns acontecimentos. Meu sentimento geral é "quero colocar a Michelle num potinho", mas continuo amando os irmãos Vergamini. A cadência de escrita da Luisa amadureceu bastante em relação ao volume anterior e é muito legal observar isso.

Heartbreaker, Inara Scott
Erros? Ela fez alguns…
Largou o ensino médio? Confirma. Fugiu com o namorado perdedor aos dezesseis anos? Confirma. Caiu em todas as palavras dos caras? Infelizmente, confirma. Mas agora, Tess Papion recomeçou. Fazendo malabarismos com vários empregos de meio período e terminando seu diploma universitário, ela não deixará nada lhe atrapalhar. Especialmente não um investidor-anjo sexy com "desastre de uma noite" escrito em sua testa.
Mason Coleman acabou de herdar um Mastiff inválido de 200 libras - e uma babá de cachorro intrigante, incomum e completamente irritante que transforma sua vida de cabeça para baixo no momento em que passa pela porta da frente. Não importa como ela o faz se sentir, Mason não é de compromissos - então o que acontece quando ele se apaixona por ela? E pior, o que acontece quando ela não quer nada com ele?

Status de leitura: Terminei essa belezinha hoje de manhã, antes de começar a trabalhar em outras coisas. Senti saudade da forma tranquila de contar uma história que a Inara possui. Estou extremamente feliz por participar, lendo a história, da volta da Inara ao mundo do YA e também por participar da leitura do ARC. A história é de aquecer o coração em vários momentos e os dois personagens são ótimos juntos. Vou postar a resenha em inglês no Goodreads no final de semana e depois postar sua versão em português aqui.

I believe in a thing called love, Maurene Goo
Desi Lee acredita que tudo é possível se você tiver um plano. Foi assim que ela se tornou presidente do corpo estudantil. Estrela do time de futebol do colégio. E é como ela vai entrar em Stanford. Mas ela nunca teve um namorado. Na verdade, ela é um desastre no romance, um ímã de humilhação desajeitada e balbuciante cujas fracassadas tentativas de flertar tornaram-se lendárias entre suas amigas. Então, quando o espécime humano mais quente que já viveu entra em sua vida, Desi decide enfrentar seus fracassos de paquera com o mesmo entusiasmo que ela aplica em tudo o mais em sua vida. Ela encontra orientação nos dramas coreanos que seu pai tem assistido obsessivamente por anos - onde a infeliz heroína sempre parece acabar nos braços de seu verdadeiro amor no episódio dez. É uma fórmula simples e Desi é rápida em estudá-la. Armada com seu “Passos de KDrama para o Amor Verdadeiro”, Desi vai atrás do artista mal-humorado e evasivo Luca Drakos - e resgates de barcos, triângulos amorosos e acidentes de carros encenados. Mas quando a diversão e os jogos se transformam em verdade, Desi descobre que o amor verdadeiro é muito mais do que apenas drama.

Status da leitura: Comecei a ler na segunda-feira e estou amando cada capítulo lido até agora - o que não foram muitos porque além de ler um romance com doramas, preciso assistir doramas, não é mesmo? Gosto da facilidade com que a Maurene vai nos dando as informações sobre os personagens e os acontecimentos, é tudo muito certinho e divertido. Estou surpresa.

Mais estranho que uma fanfic, Chris Colfer

O que você faria se seu maior ídolo aceitasse viajar com você e seus amigos no velho carro de seus pais?
Topher, Sam, Joey e Mo são amigos inseparáveis, e essa amizade existe graças ao seriado de ficção científica Wiz Kids, estrelado por Cash Carter. Para celebrar a formatura do ensino médio e aproveitar seus últimos momentos juntos, já que cada um irá para uma universidade diferente, os quatro amigos decidem fazer uma viagem de carro por alguns pontos turísticos dos Estados Unidos – isso se a maior bola de elásticos do mundo e uma torre de observação de óvnis puderem ser chamadas de pontos turísticos.
Antes de partir, Topher faz o que sempre costuma fazer: envia uma mensagem para Cash Carter em seu site. Só que, em vez de elogiar o trabalho de seu ídolo, ele o convida para acompanhá-los na viagem. A resposta faz Topher perder o sono: “Que horas?”. Seria mesmo Cash ou apenas uma brincadeira de mau gosto?
Nessa road trip, os quatro amigos acabam tendo de revelar segredos que guardam a sete chaves. Tudo com a ajuda do improvável companheiro de viagem – que também guarda um segredo capaz de mudar a vida dos quatro amigos e de todos os fãs de Wiz Kids para sempre.

Status de leitura: Confesso que estou empacada nesse livro há várias semanas. Antes de ler sua orelha não tinha ligado o autor ao cara de Glee e acho que isso de uma forma ou outra desestimulou um pouco o meu ritmo porque não quero ser a garota que não gostou do livro de um dos atores preferidos do melhor amigo. A história é, sim, interessante, só não consegui me engajar o suficiente ainda. Vou chegar lá em algum momento.


S./O Navio de Teseu, J.J. Abrams e Doug Dorst

Um livro. Dois leitores.
Uma jovem encontra numa biblioteca um livro com anotações de um estranho. As margens repletas de observações revelam um leitor inebriado pela história e pelo misterioso autor da obra. Ela responde os comentários e devolve o livro, que o estranho volta a pegar. Ele é Eric, ela é Jennifer, e o inesperado diálogo dos dois os faz mergulhar no desconhecido. É esse velho exemplar típico de biblioteca - consultado, anotado, manuseado - intitulado O Navio de Teseu, de V. M. Straka, que o leitor encontrará dentro da caixa preta e selada de S.
S. está longe de ser um livro convencional. A obra conecta ao menos quatro histórias, que se desdobram ao mesmo tempo, embora não necessariamente em ordem cronológica. É um livro-jogo, que oferece várias possibilidades de leitura e instiga o leitor a decifrar os mistérios, códigos e pistas contidos em toda a obra. Seja nas notas, nas margens ou nos outros itens da caixa, há sempre algo além do que se vê aguardando para ser descoberto.

Status de leitura: Eu realmente nem deveria colocar esse na lista porque é mais uma leitura teórica do que de entretenimento, uma vez que S. é o objeto de pesquisa do meu mestrado e estou lendo pela sétima vez porque comecei a escrever o texto para minha qualificação e preciso lembrar de certos detalhes que não vou encontrar nos quarenta mil post-its que espalhei pelas páginas. Comecei a reler no sábado e estou em no quinto capítulo (são dez no total), mas não estou lendo as anotações nas margens - a leitura delas será na semana que vem.


The rest of us just live here, Patrick Ness
E se você não for o escolhido? Aquele que deveria lutar contra zumbis ou fantasmas que comem almas ou o que diabos for essa coisa nova com as luzes azuis e morte?
E se você for como Mikey? Que só quer se formar e ir ao baile de formatura e talvez, finalmente, criar coragem para convidar Henna para sair antes que alguém vá e exploda a escola. De novo.
Porque às vezes há problemas maiores do que o fim do mundo desta semana, e às vezes você só precisa encontrar o extraordinário em sua vida normal.
Mesmo que seu melhor amigo seja adorado por leões da montanha.

Status de leitura: Ainda estou no primeiro capítulo, mas já adoro o Mikey. O tom da história é maravilhoso de acompanhar e a narrativa ganhou meu coração na primeira cena com Mikey, sua irmã e seus amigos discutindo sobre os trabalhos da escola. Eu tinha prometido começar a ler este só depois que terminasse algum dos que já estava lendo, mas todos sabem o quanto minhas promessas literárias são difíceis de cumprir.


Tiger Lily, Jodi Lynn Anderson

Antes do coração de Peter Pan pertencer à Wendy, ele pertenceu à menina com penas de corvo nos cabelos...
Tiger Lily não acreditava em histórias de amor ou finais felizes, até encontrar Peter na floresta proibida da Terra do Nunca. Diferente de todos que conhecia, ele era impulsivo, corajoso e fazia seu coração bater mais rápido. Mas como líder dos Garotos Perdidos, os mais temíveis habitantes da ilha, Peter era também uma escolha improvável para Tiger Lily. Ainda assim, ela logo se viu arriscando tudo - sua família e seu futuro - para estar com ele.
Com tantas diferenças ameaçando separá-los, o amor dos dois parece condenado. Mas é a chegada de Wendy Darling que leva a menina a descobrir que os inimigos mais perigosos podem viver dentro dos corações mais leais e amorosos.

Status de leitura: Estou quase no final e meu coração não vai aguentar. Nunca fui muito fã da Tiger Lily (nem tanto assim de Peter Pan, se for falar a verdade), mas depois dessa história... Apesar de algumas coisas na narrativa terem me deixado um pouco entediada, de forma geral a história é muito bem conduzida e estou enrolando o máximo que conseguir para não acabar e me despedir essa moça tão única.


Depois deste post imenso, eu quero saber: o que você está lendo neste mês?

Até breve! 

You May Also Like

5 comentários

  1. Oi, tudo bem?
    Ainda não li nenhum desses livros que você citou, mas confesso que fiquei bastante interessada no livro Mais Estranho que uma Fanfic, mesmo que no momento sua opinião sobre ele não seja tão positiva. Vou esperar sua resenha e espero que sua opinião sobre ele mude...

    Bjos...

    ResponderExcluir
  2. Oi querida,
    estou doida para começar a ler S., porque li várias resenhas e todas positivas. Eu gostei da premissa do livro I believe in a thing called love, da Maurene Goo, eu me senti muito cativada com a história da personagem. Bom, adorei o post, mas alguns dos livros que voce citou eu já conhecia, porem, nunca me interessei.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  3. Ola lindona ainda não li nenhum desses livros mas confesso que alguns me chamaram atenção vou aguardar suas resenhas para uma melhor noção sobre cada um deles.beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  4. O navio de Teseu é literalmente uma viagem... rs acabei abandonando e estou curiosa pra ver qual será a sua conclusão, mesmo não sendo uma leitura de prazer...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Quantos livros maravilhosos! Eu quero muito ler Tiger lily, acho essa capa linda demais e a trama super me atraiu. Boas leituras! ♥
    beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.