Doki Livros | Desejo e Escândalo, Lorraine Heath

by - quarta-feira, dezembro 19, 2018

Sempre espero mais ou menos a mesma coisa quando começo a ler um romance de época - a mocinha e o mocinho irão se apaixonar, mas por alguma razão [geralmente motivada ou causada pelo mocinho], eles terão que atravessar certos empecilhos para finalmente ficarem juntos para sempre. Em Desejo e Escândalo este tipo de enredo se repete, trazendo detalhes que surpreendem, no decorrer da leitura, quem está acompanhando a história.



Para você não ficar sem saber sobre o que trata o livro, em breves linhas temos dois personagens Mick Trewlove e Lady Aslyn Hastings. Mick é o filho bastardo do Duque de Hedley, que trabalhou muito para sair da lama e conseguir ter dinheiro o suficiente para que sua mãe adotiva e seus irmãos pudessem ter conforto e trabalho em suas vidas e que quer, finalmente, ser reconhecido como herdeiro do Duque a qualquer custo. Para isso ele monta um plano simples: se aproveitar da fraqueza pelo jogo que possui o Conde de Kipwick, o outro filho (e herdeiro) do Duque, e tirar, uma a uma, as propriedades que deveriam ser de Mike se ele fosse o reconhecido como primogênito e também, no meio do caminho, roubar a noiva de Kipwick. Simples, fácil e até mesmo rápido. No entanto, Mick não contava que Aslyn seria uma moça encantadora e nada parecida com Kip. E quanto mais ele vai conhecendo Aslyn, mais passa a realmente querer ficar com ela depois de tirá-la do Conde. Mas eles não poderiam realmente ficarem juntos por pertencerem a classes diferentes, ela a nobre filha de um Duque e ele um rico empresário burguês (é aí que o reconhecimento como herdeiro o ajudaria, também). Temos então dois problemas, a vingança de Mick e a impossibilidade dos dois ficarem juntos. É ao redor disso que as cenas do enredo irão circular.

Gosto muito da sequência de fatos que Lorraine Heath faz em suas histórias, uma ação leva a outra e a consequentes mudanças de pensamento e sentimento, de forma que a construção do romance entre os dois personagens principais foi crível - Aslyn não sabia dos planos de Mick, por isso caiu de amores com muito mais intensidade e sinceridade do que ele, mas ao terminar a leitura fiquei com a impressão de que os dois estavam em pé de igualdade no relacionamento e com um amor impossível de se medir.

A construção de Mick faz jus ao que era esperado de seu personagem. Um homem forte, duro nas "bordas" e marcado pelo rancor de um passado do qual não tem nenhuma culpa, é uma vítima. Mas muito mais do que isso, Trewlove possui uma capacidade avassaladora de amar - ele ama sua mãe adotiva e seus irmãos sem nenhuma reserva, ele passa a amar Aslyn de forma real e completa por ver os pequenos detalhes dela que, pelo comodismo, passam despercebidos por Kip. Ainda que em alguns momentos eu tenha morrido de vontade de estapear a cara bonita dele por não contar a Aslyn as coisas que estavam acontecendo sem que ela soubesse, entendo o passo os acontecimentos e a espera vale a pena por trazer cenas incrivelmente doces e delicadas, dignas da época, com a sedução que ele empenha em diversos momentos.

Aslyn é uma personagem interessante, sua capacidade de bater o pé pelo o que quer sem perder a postura que uma Lady deve ter foi uma grata surpresa. Aslyn é muito delicada, mas ao poucos vamos percebendo que ela possui mais do que um coração bom e bonito. Nossa Lady é doce, amorosa, gentil, solidária e com um senso de retidão que não via em uma personagem há algum tempo. É delicioso acompanhar suas descobertas sensoriais e amorosas. E é ainda mais delicioso ver como ela mostra o que quer e se faz entender. Mick não poderia encontrar uma mulher que o completasse melhor.



Kip, o noivo de Aslyn, foi uma pequena desilusão como antagonista. Não temos um vilão nem alguém que firmemente impeça as coisas acontecerem na história, mas como ponto de conflito Kip é o personagem que deveria colocar pontos que fizesse com que fosse difícil florescer o amor entre Aslyn e Mick. O que ocorre, no entanto, é exatamente o contrário - tudo o que ele faz e fala, além de ser irritante, só empurra Aslyn para o lado de Mick. Eu esperava mais de alguém que pretendia se casar com a moça que conhece desde sempre.

Heath criou cenas extremamente bonitas ao longo da narrativa que foram me prendendo mais e mais, a ponto de não querer desgrudar do livro para descobrir como o casal conseguiria ficar junto no final. Sua reviravolta perto do final trouxe uma informação que jamais passaria pela minha cabeça e que foi, de longe, a melhor explicação para o enredo - e muito melhor do que todas as possibilidades que criei na minha cabeça enquanto lia. Sua fluência de escrita e narrativa são pontos altos que também devem ser mencionados - sem furos, sem perdas de ritmo, sem cenas demasiadamente longas nem curtas, sem diálogos que não enriquecessem a trama. Posso dizer que estava muito satisfeita quando virei a última página e com um calor no coração que é impossível de negar.

Desejo e Escândalo é um livro que me surpreendeu de uma maneira maravilhosa. Com personagens calorosos, cenas e diálogos bonitos, detalhes importantes e uma descoberta num ponto crucial da trama, não tenho nem palavras melhores para descrever a felicidade que senti por poder ler esta história. Agora me resta reler a história de Aslyn e Mick quando sentir saudade da doçura que encontrei aqui - e esperar para descobrir o que as histórias dos irmãos e irmãs de Mick guardam.

Até breve! 

You May Also Like

7 comentários

  1. Eu amo romances de época, mas ainda não conhecia esse livro e já pela capa ele me atraiu! Sua resenha me despertou ainda mais interesse e espero poder ter a oportunidade de conferir em breve. A premissa é ótima e bem do jeitinho que eu curto mesmo, então estou com expectativas.

    ResponderExcluir
  2. Realmente os livros desse gênero são sempre o mesmo padrão, mas o que surpreende é o desenvolvimento da história e personagens. Que bom que essa história foi além do esperado, estou curiosa para conferir também. A capa é muito linda.[
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu adoro a escrita da autora e estou querendo comprar esse livro. Saber que o enredo é encantador, bem desenvolvido e ainda tem uns mistérios, me deixou animada para conhecer essa obra.
    A edição da Harlequin está muito bonita.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    É tão bom quando um livro nos surpreende né? Especialmente em um gênero que não costuma trazer grandes surpresas, como são os romances de época. Eu já estou de olho nesse livro desde que ele foi lançado, pois adorei a premissa. Pelo que percebi da sua resenha, é uma leitura ainda mais interessante do que imaginei. Os personagens parecem ser bem construídos e carismáticos, e já estou curiosa para saber qual é a reviravolta que tem mais para o final.
    Adorei sua resenha e espero ler esse livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ler romances de época, um dos motivos é que como você comentou, a maioria possui um enredo repetido. Mas eu achei a premissa desse interessante, a Aslyn parece uma boa personagem mesmo.
    Enfim, fico feliz em ver que a leitura te conquistou, mas eu dispenso a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  6. ADOREI sua introdução sobre os romances de época, é bem isso que acontece mesmo rsrs e assim como nesse livro são os detalhes que tornam o livro diferente e às vezes surpreendente.
    Eu gosto bastante de romances de época, esse infelizmente eu ainda não li, mas gostei de saber que a autora criou uma sequencia de fatos boa e que o desenvolvimento e cenas são coesos.
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Sua introdução define exatamente o que são os romances de época! E sabe que amo isso? É muito bacana ver como mesmo com um enredo previsível as autoras conseguem criar tramas que nos prendem e encantam, como essa parece ter feito com você. Fiquei super curiosa para conferir essa sequência de fatos bem desenvolvidas e ver o desenrolar desse romance repleto de empecilhos. Dica mais que anotada ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.