3 doramas para começar a assistir neste final de ano

by - quarta-feira, dezembro 26, 2018

Final de ano é aquela época maravilhosa onde brotam mil e uma listas de melhores doramas, livros, séries, filmes e etc. etc. e etc. que assistimos ou lemos durante o ano. Tenho planos de fazer algumas dessas listas, obviamente, mas por enquanto, vamos aproveitar esta última semana do ano [no entremeio do Natal e do Ano Novo] para maratonar séries, dramas, filmes e (claro) livros.


Dito isso, para este post escolhi três doramas entre os que foram exibidos no ano passado e os que foram/estão sendo exibidos nos últimos meses deste ano e que, mesmo que eu ainda esteja assistindo (porque neste ano tivemos tantos doramas bons que foi quase impossível ficar em dia com todos), já me conquistaram completamente. Vamos lá?

1. The Last Empress


Este drama se passa em uma realidade alternativa onde a Coreia é uma monarquia constitucional e a Família Imperial ainda prevalece. É nesse mundo, depois de se envolver acidentalmente com o Imperador e os assuntos reais, que a animada porém não muito bem sucedida atriz de musicais Oh Sunny acaba se tornando a Imperatriz do país. O problema é que o posto que ela vai ocupar é um tanto quando cobiçado e uma nuvem de mistério cobre o palácio - o que a leva a ter que lutar contra tudo e todos para desvendar a verdade. Como não podia faltar um romance na história, Oh Sunny acaba se apaixonando por Na Wang Shik, um guarda imperial que entra no palácio para se vingar da morte de sua mãe e que ajudará a desvendar todo o mistério e a derrubar a família imperial.

Esta belezinha que claramente pisca "drama" complexo em letras garrafais tem previsão de ter 48 episódios e sua trama traz uma reviravolta atrás da outra. Nem sei como estou conseguindo lidar com esse enredo, mas é simplesmente ma-ra-vi-lho-so - por enquanto temos 20 episódios. Os personagens são muito condizentes com a trama, as atuações estão ótimas, a trilha sonora está incrível... resumindo: 10/10.


2. Rebel: Thief Who Stole the People


Neste drama temos a história de Hong Gil Dong (Yoon Gyun Sang) que é uma das figuras históricas mais famosas da Coreia e ficou conhecido como um herói do povo e inimigo do estado. Gil Dong é uma Criança Poderosa, nascido com habilidades especiais e um senso de justiça muito inconveniente para alguém em uma posição social tão baixa. Ele é filho de servos que pertencem a uma família nobre com um caráter questionável. Temos também o rei de Rebel, Yeonsang (Kim Ji Suk) que apesar de ter o poder absoluto sobre o país, é um tirano de quem o povo não sente nada além de medo. Acompanhamos Gil Dong, que é incapaz de ficar parado diante de uma injustiça, se tornando o herói de um povo sem esperança e o inimigo número um do rei. 

Mais um dorama infinito, este aqui possui trinta episódios. Ainda estou perto da metade, mas a história tem se provado a cada episódio ao me fazer me envolver com a trama e passar ódio com os personagens que só querem sacanear com o povo e com o rei que é completamente maluco. E ainda tem a linda da Soo Bin, que atua maravilhosamente bem e com aquele jeitinho impertinente de sempre.

3. 100 Days My Prince



Lee Yool (D.O.) é um príncipe herdeiro que odeia o pai, o palácio e sua posição. Para piorar as coisas, seu pai o forçou a se casar com a filha de um ministro [que não presta]. Para se livrar da consumação do casamento o príncipe tem a brilhante ideia de ordenar que todos de sua vila em idade de se casar, se casem - e então, somente depois que todos estiverem casados ele irá consumar seu próprio casamento.
Enquanto isso temos Hong Shim (Nam Ji Hyun), uma moça inteligente e dona da primeira agência de investigação da Dinastia Joseon. Ela não quer nem saber de casamento e vive inventando histórias que é prometida de um comerciante, que obviamente não existe, para fugir de casar com alguma pessoa do vilarejo. Em dado momento, o príncipe Lee Yool acaba sofrendo uma tentativa de assassinato, caindo de um penhasco e perdendo sua memória. Depois do acidente ele acaba achando que é pobre e Hong Shim vê a oportunidade perfeita de fugir de um casamento indesejável quando aparece o desmemoriado em trajes de guerra.

Este aqui possui 16 episódios e estou quase no final. Para quem acompanha o EXO, temos o lindinho do D.O. atuando como príncipe e nos deixando suspirando com seus sorrisos. Gostei bastante de como o enredo foi se encaixando - e a fotografia e figurinos são lindos demais - e espero que o final seja bem amarrado.

Os três dramas estão disponíveis no Kingdom Fansubs.

E então, vamos maratonar?

Até breve! 

You May Also Like

0 comentários

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.