Vai resenhar um livro? Duas dicas para sair do resumão da história

Imagem: Ilya Pavlov | Unsplash
Este post é para quem que não tem muita experiência em escrever resenhas literárias ou para quem ainda não tem uma super confiança para escrever suas impressões sobre uma história. Como tenho percebido alguns textos que focam muito em contar a história e se perdem na hora de escrever uma resenha, resolvi que agora era a hora de arregaçar minhas mangas de professora de português e escrever duas dicas simples mas valiosas na hora de começar um post de resenha.

A resenha é, em linhas gerais, uma síntese de uma obra onde se apresenta considerações e opiniões do autor sobre o seu conteúdo. Seu objetivo é possibilitar ao leitor conhecer o alvo da resenha, deve ser clara e objetiva, dosando descrição e crítica de forma consciente. Ao contrário das resenhas acadêmicas, que seguem um modelo e precisam conter pontos específicos, as resenhas de livros em blogs são mais livres e adaptáveis ao nível de confiança e "proficiência" de quem a escreve, mas dois pontos são essenciais neste tipo de texto:



1. Resenha não é só resumo
Resenhar não é sinônimo de resumir uma obra. Nem de descrever incansavelmente o seu conteúdo. Qual leitor irá querer ler um livro depois que você já contou tudo o que acontece na história?

Obviamente nós sempre falamos sobre o enredo de um livro, mas não podemos nos limitar a isso nem descrever detalhadamente seu conteúdo. Uma resenha deve trazer informações necessárias sobre o enredo: em qual problema os personagens estão? Em qual mundo a história se desenvolve? Como o casal apaixonado se conhece? Qual é o foco de tensão da obra? Escolher o que contar é importante para garantir que o leitor fique interessado pela história que você está indicando.

2. Resenha não é só opinião
Gostou do livro? Ótimo! Não gostou? Que pena! Explique o por quê para o seu leitor, mas não se limite a falar só isso.

Comente e escreva (ou fale) suas expressões sobre o narrador (primeira ou terceira pessoa, em um único ponto de vista ou em vários, imparcial ou que tece julgamentos), os personagens (bem construídos, encantadores, carismáticos, falsos, cansativos...), a trama (original, clichê, bem construída, poderia ser interessante se x, y ou z fosse diferente, etc.), a narrativa (como foi a leitura, rápida, cansativa, corrida, muito ou nada descritiva...), a linguagem (difícil, fácil, adequada ao que foi proposto para a história, etc.)... você pode falar de vários aspectos que compõem uma trama, incluindo os diálogos e a edição do livro, como um objeto (sua encadernação, seu tipo de papel, sua tipologia, sua diagramação). É claro que não é preciso apontar todos os aspectos de um livro em uma resenha, mas a palavra-chave aqui é dosar e escolher bem.

Estas são duas dicas simples que aprendi há muito tempo e que sempre levo em consideração quando vou escrever uma resenha aqui no blog. Espero que elas sejam úteis para você e que suas resenhas fiquem cada vez melhores!

Até breve! 

5 comentários

  1. Sempre tenho um grande problema em escrever a minha resenha. Sempre acho que ela nunca esta boa o suficiente. Realmente admito que acabo fazendo um resumo do livro, sempre me empolgo quando o livro é bom!. Vou anotar essas dicas para escrever as minhas próximas resenhas.

    Obrigada pelas dicas! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Acho que uma resenha, sem duvida alguma é a responsavel principal da compra ou nao do livro, muito do que o blogueiro expoe, vai influenciar diretamente no desejo de ler a obra então é primordial que façamos um bom trabalho. Achei as dicas muito interessantes, parabéns pelo detalhe em cada uma!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Adorei suas dicas. É sempre bom pegar conselhos para trabalhar melhor nossos textos. Confesso que as vezes vou em alguns blogs conferir algumas impressões e principalmente quando não gostam de algo, simplesmente nem trabalham os pontos para entendermos o porquê de não ter curtido.
    Mas independentemente da opinião sempre prezo que devemos ter bom senso na hora de argumentar, dá muito bem para criticar sem soar ofensivo ou mal educado.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Adorei o post! Acho que temos uma maneira parecida de organizar as resenhas. Eu sempre procuro equilibrar a resenha contando um pouco sobre a trama, minha opinião sobre o livro e aspectos importantes (desenvolvimento da trama, personagens, construção do universo, escrita do autor e edição). Porém, tem me incomodado muito ver algumas resenhas por aí que são só resumo do livro e um parágrafo com a opinião. Pior ainda, algumas praticamente contam o livro todo.
    Enfim, acho que você trouxe ótimas dicas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Acho que as dicas não são apenas pra quem está começando a resenhar agora. Achei bem maduro a forma como você explicou a questão da opinião e de argumenta-la. Tento fazer isso, não sei se consigo.
    Amei o post.
    beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.

My Instagram