- sobre noites em claro

daqui.

ela abre os olhos,
no meio das luzes é difícil enxergar
que suas escolhas levam a novos lugares,
que suas vontades voam pelos ares.

ela abre os olhos,
no meio das luzes seu amor se dissolve
em mil bocas e corpos e toques
que se entrelaçam e se perdem.

ela abre os olhos,
no meio das luzes...
no meio das luzes...
no meio das luzes.

ela abre os olhos,
na escuridão, senta e respira,
sozinha, mais uma vez, no final da noite
ou no começo da manhã.

no meio das luzes não é preciso lembrar,
no meio das luzes é mais fácil se enganar.

- sobre noites em claro
~ ou sobre festas e seus finais
--
(dois milhões de anos depois, eu finalmente escrevo uma poesia, mas só escrevo porque estou frustrada -- incrível)

Até breve! 

0 comentários:

Postar um comentário

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.

My Instagram