Eu tenho sentimentos confusos sobre Maybe Now

Você provavelmente sabe que a maravilhosa Colleen Hoover voltou ao mundo de Sydney, Ridge e companhia com a história que dá continuidade a Talvez Um Dia: Maybe Now (Talvez Agora, em tradução livre). Confesso que estava morrendo de saudade desses personagens -- e sim, eu li um milhão de vezes Maybe Someday e Maybe Not (a história de Bridgett e Warren) -- e estou mais do que feliz de estarmos de volta ao mundo desses personagens. Mas preciso confessar que também estou com um pouco de medo disso.


Atenção: Este post pode conter spoilers de Talvez Um Dia (!!!)

Me acostumei a pensar no final feliz (ou o mais próximo disso) que tivemos em Talvez Um Dia (você pode ler a minha resenha dele clicando aqui) e não sei se meu coração aguenta novas reviravoltas que possam separar um dos meus casais favoritos (porque, sim, mesmo depois de ler mais de quinhentos livros, a história de Sydney e Ridge (e Maggie, Warren, Bridgette, Brenan...) continua no topo da minha lista). E você pode me perguntar "mas como você sabe que eles podem ter seu relacionamento abalado?", ora, vejamos a sinopse -- preste atenção nas duas primeiras perguntas:

O que é mais importante? Amizade, lealdade ou amor? 
Colleen Hoover e Griffin Peterson colaboraram mais uma vez para trazer os fãs de Maybe Someday de volta ao mundo musica de Ridge e Sydney. 
E Maggie. 
E Warren e Bridgette.

Me parece bastante óbvio que teremos mais conflitos aqui -- e é claro que será feito de forma magistral, porque a Colleen é simplesmente sensacional ao retratar a condição humana. E também é óbvio que, do ponto onde paramos -- e de onde é retomado em Maybe Now --, Sydney, Ridge e Maggie ainda têm muito a percorrer para aprenderem a viver essa nova condição em que estão se encaixando. Me parece um percurso e tanto.

A partir dos quatro capítulos que a autora já postou (a última atualização foi há 14 horas), acho que veremos um pouco mais das questões de lealdade de Ridge -- vou ser sincera aqui, nós sabemos muito bem que será difícil ele deixar Maggie viver a vida como ela quer mesmo que eles não estejam mais namorando -- e como todos eles irão lidar com suas amizades (principalmente entre Ridge e Maggie e Sydney, dessa vez com papéis trocados [?]). Achei ótimo que começamos essa nova história com Maggie criando asas, vemos  pouco dela em Maybe Someday e é de aquecer o coração que ela está tentando viver de forma plena. -- Claramente isso não tira os meus medos, eu ainda não sei o que vou fazer se no final Sydney e Ridge não conseguirem transpor qualquer que seja o problema que apareça, mas isso é história para outro post.

Então, para terminar, eu tenho sim vários sentimentos confusos sobre essa história. Ao mesmo tempo em que não quero lê-la, quero de verdade ver como cada um dos personagens está indo. Ao mesmo tempo em que estou feliz por ter mais deles, fico com o coração apertado a cada novo capítulo postado. Mas essa é a beleza da literatura. Ela mexe com a gente de formas que nem podemos prever.

~Also, estou adorando a adição de novos personagens e torcendo para Brennan ter um pouco mais de espaço também.

Eu sempre tenho um pé atrás com continuações de livros que em tese seriam únicos, mas estou aqui para o passeio (seja ele turbulento ou não).

Além disso, é sempre bom ver um pouco mais do relacionamento de Warren e Bridgette, claro. E ter música nova do Griffin Peterson é sempre uma maravilha também, essa aqui embaixo é a nova ~e acompanha o quarto capítulo de Maybe Now.


Maybe Now é uma história em andamento que está sendo postada no Wattpad pela autora (então, obviamente, está em inglês) e você pode acompanhar os capítulos clicando aqui.

Até breve! 

0 comentários:

Postar um comentário

Muito obrigada por passar no Doki Doki! A sua visita é super importante para mim. Me conte, gostou de alguma coisa no post? Não gostou? Me ajude a produzir conteúdos cada vez melhores, a sua opinião é muito importante.

My Instagram