Doki Livros | Uma Dobra no Tempo, Madeleine L'Engle

quarta-feira, janeiro 24, 2018

Uma das leituras mais interessantes do meu final-início de ano com certeza foi Uma drobra no tempo. Eu já conhecia essa história por experiências de terceiros há anos, mas nunca tinha realmente lido alguma coisa da Madeleine L'Engle nem pesquisado nada sobre sua vida. Bem, este livro mudou completamente essa situação.


Eu fiquei simplesmente apaixonada pela edição em capa dura da HarperCollins (essa edição estão muito maravilhosa mesmo!) e fiquei folheando o livro por dias antes de começar a leitura pelo posfácio. Então é, comecei a ler pelo posfácio e descobri coisas sobre Madeleine que provavelmente não teriam o mesmo impacto em mim se tivesse lido o posfácio depois da trama. O posfácio me preparou para a leitura das linhas escritas por uma mulher incrível, me deixou com vontade de conhecer os personagens que a neta de Madeleine, Charlotte, menciona e se identifica.

Então, por ser uma história tão conhecida (e, se você não conhece, sempre pode correr no Goodreads ou Skoob para ler sua sinopse), dessa vez irei focar em alguns poucos pontos que considero ótimos na trama sem descrever sua história.

Dessa forma, comecemos com o fato de que, em Uma Dobra no Tempo, a trama tem o pressuposto de que os leitores são inteligentes o bastante para conseguir entender as explicações sobre física profunda (mais do que aquela que aprendemos na escola), mas se não conseguirem pegar todos os detalhes, não há problema, pois irão conseguir continuar na história mesmo assim. E isso acontece porque a autora não joga simplesmente a informação no meio da história, ela explica como isso pode funcionar -- os persoangens não só viajam no tempo e pronto, há a explicação de como essa viagem poderia ser/funcionar.

E então temos Meg. Ela é uma personagem tão complexa e multifacetada que passa a ser uma inspiração para o leitor -- mesmo que este não seja mais uma criança. São poucas as persoangens novas na literatura que são tão complexas assim e eu com certeza consigo vê-la como um modelo para outras personagens. Meg é uma personagem muito humana, muito normal. Ao mesmo tempo em que é corajosa, duvida de si mesma e de sua força de uma forma que conseguimos nos relacionar, de uma forma autêntica.

E já que falei da mocinha... vamos falar do mal. Neste livro temos um antagonista elementar, não adulterado, que vai se manifestar no meio e na conformidade de quem se deixa abalar por sua presença. O mal é assustador e a escurtidão é imensa e "pura" (você já me viu falar algo assim em uma resenha? pois é). Os encontros que os personagens têm com esse mal são muito autênticos, muito reais, muito críveis -- algumas cenas se desenvolvem rápido demais, mas entendo que dessa forma os traços da batalha podem se encaixar numa narrativa filosófica do conflito entre beme  mal.

Uma Dobra no Tempo me deixou encantada com um tema que geralmente não me atrai e ansiosa para ler os outros quatro volumes. Fiquei com a impressão de que demorei muito para ter a experiência de leitura que Madeleine L'Engle nos permite, mas talvez este tenha sido o momento perfeito. Fiquei surpresa com o quanto gostei da leitura -- foi divertido, intenso, inteligente e talvez um pouco assustador, mas com um sorriso ao final.

Até breve! 

You Might Also Like

10 comentários

  1. Oi Vic!

    Tudo bem? Eu também li (no final do ano passado) Uma Dobra No Tempo e, diferente de você, não consegui amar a história. Achei o começo muito vago e que as coisas demoraram BASTANTE para ganhar algum ritmo no livro e, para além disso, a Meg e o Charles Wallace, acabaram me irritando bastante com as pirraças durante o livro.

    Mas também não achei ruim não, gostei da fantasia e de como isso é trabalhado. Gostei das criaturas, apesar de que pra mim ficou meio vaga a questão das Senhoras. Amei o Calvin, achei o personagem mais tranquilo e com quem de fato me identifiquei e a mãe dos Murrey também me deixou fascinada!

    Quando finalmente terminei o livro, também não fiquei com você, o sentimento que tive era de confusão. Tinha muitos pontos negativos, mas eu havia gostado de tantos outros. Quero ler pelo menos esse segundo livro, quem sabe não consigo gostar mais?

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Estou com o pé atras nesse livro e se não me engano vai ter um filme é isso? Então vou esperar o filme, já que não quero me arriscar em livro que estão fora da minha lista.
    Acho a temática dele até interessante, apesar dessa pegada astrofísica, não sou muito boa em ciências exatas. rsrsrs
    Gostei dessa complexidade da protagonista, isso é o que me deixam mais curiosa acerca da história.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  3. Olá Vitória! Menina, estou um pouco cismada com esse livro, porque uma amiga minha leu e detestou! Hhaahahah Ela disse que a mocinha é enjoada, que leu leu e não acontecia nada na história pra acelerar, e que perdeu foi tempo! Hahahahahahahha Não sei se daria uma chance, porque nós temos gostos bem parecidos, mas quem sabe eu goste?
    Bjoxx

    ResponderExcluir
  4. Que capa e que plote!!!
    Eu gosto deste tema, mas li poucos livros abordando isso e minha experiencia se deu mais em filmes e série. O que me desanima um pouco é ter ainda mais quatro livros da série.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. A edição da HaperCollins está realmente linda. Fiquei bastante interessado no enredo, é um assunto que gosto e acho fantástico. Que bom que a autora desenvolveu o tema de forma que todos consigam se situar. Já li um outro livro sobre o tema e também foi bem explicado, mas é algo que realmente é repleto de detalhes que fazem toda a diferença pro entendimento. Ótima resenha.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Não li, mas quem sabe um dia ainda leia.
    Acho que o livro também ficou bem famoso por causa do filme que estreará em breve e eu com certeza irei assistir. Afinal, é da Disney <3
    Não sabia que o livro tinha continuações e isso meio que me impede de lê-lo em breve (estou ATOLADA até o pescoço de séries inacabadas) mas adorei saber que você realmente gostou da leitura e dos personagens. Faz toda a diferença. também gostei da sua resenha, ficou tão misteriosa sem revelar muitos detalhes, rs

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  7. Olá!!!
    Eu ouvi falar sobre o livro e com certeza é uma leitura que tem me intrigado bastante nos últimos tempos u.U
    Porém, ele tem sido um livro 8 ou 80 para as pessoas e isso me deixa com o pé atrás, com algumas personagens amando os personagens ou simplesmente odiando eles.
    Talvez, eu poderia dar uma chance a ele um dia mas no momento eu estarei passando a dica.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Hey!

    Essa edição é muito linda mesmo, infelizmente não tive a oportunidade de ler a obra ainda, mas achei a história muito interessante pelas resenhas que li. Entendo 0 de física, mas se mesmo não entendendo dá para continuar a leitura está ótimo!
    Dica anotada, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá! Primeiramente, que edição maravilhosa é essa, estou simplesmente encantada. Eu não conhecia esse livro, porém a sinopse e as suas impressões a respeito dele me deixaram bastante instigada. Sem dúvidas, anotarei essa dica! Beijos.

    ResponderExcluir
  10. OLá!
    Eu sou apaixonada por histórias de viagem no tempo e Uma Dobra no Tempo está na minha lista de desejados já faz algum tempo. Achei legal que a autora se preocupa em nos explicar como as coisas acontecem, dessa maneira, mesmo a gente não sabendo as teorias, a gente consegue entender.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe