3 livros em 3 parágrafos

segunda-feira, agosto 07, 2017

parece difícil? haha
Há algumas semanas postei a lista de livros que estava lendo (e pensando nisso, talvez esteja na hora de fazer um novo post sobre isso porque as leituras mudaram um pouco desde a última vez) e um dos livros que vocês pareceram mais interessados em saber mais foi o Thief da Alexa Riley. E como ele é o terceiro volume da série Breeding, achei justo falar um pouco sobre os outros dois livros também.

Então aqui estamos nós. Obviamente, já que resolvi contar sobre os três livros sem realmente resenha-los, tive que encontrar uma forma divertida (para mim) para falar sobre eles, então eis o meu desafio: escrever um parágrafo sobre cada livro, sem spoilers e sem escrever um parágrafo imenso. Acho que consigo, vamos lá.

Coach

Neste primeiro volume de Breeding conhecemos Chris, um ex-jogador da NFL que vai trabalhar em uma escola secundária. É neste meio tempo que ele conhece Megan, a filha do seu melhor amigo. Você provavelmente já sabe onde isso vai dar, então vou cortar o resumo da história e te dizer o que, de fato, eu achei da história. Geralmente eu não leio essas histórias que caem no ramo taboo da literatura porque algumas coisas me deixam desconfortáveis e eu não julgo ninguém por suas escolhas, mas esta é uma história da Alexa e eu realmente gosto do jeito que ela escreve -- e se você não sabe quem é Alexa Riley, eu vou te contar no final deste post. Então eu tinha uma históra taboo na minha mão, cheia de cenas quentes e palavreado que deixaria a leitora mais vivida vermelha e fui junto com a história. Chris e Megan realmente fazem um bom par, e eu fiquei realmente aliviada que Megan tinha pelo menos 18 anos quando os dois se conheceram. Chris é um personagem muito intenso e o instalove que eles compartilham consegue convencer durante a leitura. Não é o melhor livro da série, mas é o livro que vai te deixar ciente do que esperar nos próximos. Ah! Mais uma coisa: a capa deste volume é terrível -- não, sério, a mocinha precisava estar no chão e segurando o joelho do homem? 😒 

Mechanic

Como você já deve ter percebido, cada título reflete a profissão do personagem pricipal do volume, então aqui temos um mecânico, Paine, e uma mocinha rica, Penelope. Os dois se conhecem na oficina mecânica dele quando o carro dela quebra e a partir daí nós sabemos qual será o final dessa história. Eu sinceramente odiei o comportamento do Paine no começo da trama. A forma como ele tratou Penelope me fez querer entrar nas páginas do livro e estapear o rosto bonito dele -- ainda que eu soubesse que, majoritariamente, todos os personagens masculinos da autora tendem a serem mandões e "machos alfa" com as mocinhas. Entretanto, com o decorrer da história, Paine se mostrou um personagem muito interessante de se analisar -- deixando todas as cenas quentes de lado, ele foi um bom homem ao estar do lado da mulher que amava e lutar por seu amor. Alexa conseguiu me envolver no drama da mocinha que precisava ser resgatada e suas palavras fluiam sem esforço de uma página para outra.  Este é o meu livro preferido na série -- e nem é porque há uma história bônus no final sobre o irmão da Penelope. 😉

Thief

Este é o livro que citei naquele post em algum lugar do passado. Como o título já entrega, esta é a história de um ladrão, Sean. Sean conhece Tessa em seu último serviço e, mesmo que este não seja seu desejo, ela é uma peça importante em seu plano. Das três histórias, esta é a maior e mais bem desenvolvida e com final que você espera, mas ao mesmo tempo não espera. Os dois personagens são bem apresentados e aprofundados e o leitor sofre junto com Sean quando seu trabalho fica no caminho de sua felicidade. É uma trama realmente envolvente e as palavras da Alexa vão alimentando aquela parte do nosso coração que precisa de um romance de verdade para continuar acreditando nas pessoas. Eu ainda não descobri o que é, mas alguma coisa nessas histórias prende a nossa atenção -- pode ser os mocinhos mandões e hiper protetores, pode ser as mocinhas que não ficam restritas ao padrão "mulher perfeita" imposto pela mídia, pode ser o instalove eficiente e de aquecer o coração, pode ser uma mistura de tudo. 😍

Em linhas gerais, uma das coisas que me atraiu para os livros da Alexa foi a forma como ela retrata suas heroínas. Nem sempre confiantes ou super realizadas profissionalmente, elas refletem a mulher de verdade, que não precisa vestir 34 para ser considerada linda, que pode sim ser plus size e esbanjar sensualidade, que pode ser nova e mesmo assim saber o que quer da vida, que pode estar perdida, mas não vive iludida em um mundo cor de rosa.

Sobre a autora
Alexa Riley é um pseudônimo. Por trás de suas histórias estão duas mulheres, Lea e Melissa, amigas que resolveram se unir para escrever alguns livros "sujos" (eu diria picantes). As duas são casadas e mães que amam futebol americano, donuts (💗) e possuem uma obsessão pelos heróis dos livros. Elas são especialistas em instalove (amor instântaneo) e histórias extremamente doces que não demoram o ano inteiro para serem lidas -- se você quer alguma história segura, curta e com final feliz garantido, Alexa Riley é para você!

Até breve! 

You Might Also Like

29 comentários

  1. Ola
    Gostei dessa ideia de escrever sobre o livro em apenas um paragrafo. NOs deixa instigados quanto ao desenvolvimento, ainda mais que eu não conhecia nada a respeito, mas já fiquei muito interessada e já vou procurar mais informações a respeito.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, F! hehehe que bom que a ideia do post deu certo e te deixou instigado! e que bom que te interessou! se você ler, me conte o que achou! :D

      Excluir
  2. Este definitivamente não é meu tipo de leitura favorita no momento, porém a forma que você os descreveu até me deixa com vontade de dar uma chance. Gostei desse post, em poucas e diretas palavras conseguimos entender o enredo e saber se você gostou.
    Parabéns!
    www.praxeliteraria.com.br beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe a gente tem que tentar vender o peixe, né Leticia? haha ~mas que bom que ce curtiu o post! ~e obrigada!

      Excluir
  3. Oie!
    kkkk eu não tinha reparado na capa do primeiro livro, e não aguentei o seu comentário sobre ela estar segurando o joelho dele rsrs
    Ainda não conhecia essa trilogia, mas até que a capa dos dois últimos são bem interessantes rsrs
    Vou anotar a dica.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah ai, aquela capa foi a primeira coisa que reparei quando comprei o ebook hahaha mas sim, as capas dos outros dois são outros quinhentos........ :X

      Excluir
  4. Olá...
    Adorei o post!
    Ainda não conhecia nenhum dos livros mencionados, mas, confesso que, infelizmente não fiquei atraida por nenhum, pois, não curto leituras nesse gênero.
    Ahh... E essa capa é estranha mesmo hahaha...
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane! ah que pena =/ quem sabe na próxima vez né? :)

      Excluir
  5. Amei a forma como você resumiu os livros, amei suas opiniões sobre cada um, amei conhecer essa autora que na verdade são duas... enfim, amei o post! Acho que já ouvi o nome da autor por aí, mas ainda não li nada dela. Sempre é bom saber de alguns romances gostosinhos para ler e passar o tempo, anotei os três!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari! Opa, obrigada, e que bom! Se você ler algum deles, me conta o que achou :D

      Excluir
  6. Ahhh que legal!!! Não conhecia esses livros, e adorei vê-los aqui. Curto o gênero e acho que iria me envolver bastante com as histórias também. E que legal duas amigas escreverem juntas! Fiquei curiosa para conferir essa trilogia :D Adorei o post!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, que bom Gabi! e sim, é muito legal serem duas amigas (é uma das coisas que me fez ler seus livros haha)

      Excluir
  7. Oiee ^^
    Ainda não conhecia os livros, mas a capa do primeiro está bem feia mesmo, hein? kkk' chega a ser engraçada.
    Confesso que não senti curiosidade de ler a série, acho que por saber que os personagens masculinos são no estilo "macho alfa", o que eu sempre traduzo como "possessivos, obsessivos, mandões", coisa que odeio. Mas fico feliz em saber que gostou dos livros, dos três, o que chegou mais perto de atiçar minha curiosidade foi o terceiro.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dryh! É, eu acho o terceiro o melhor até agora, se um dia você der uma chance pros personagens macho alfa, essa é uma boa indicação :)

      Excluir
  8. Oi. :)
    Sou A-P-A-I-X-O-N-A-D-A pelos livros da Alexa. Já li todos que foram traduzidos e sou muito fã dela.
    São estórias rápidas, de amores fatais, mas muito fofas. Sendo que é um do meus gêneros favoritos, então é tudo de bom.
    Adorei a dica, pois ainda não li esse... já indo atrás pra ler.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lauri! Opa o/ que bom que não sou a única! Eu acho que esses já foram traduzidos (mas não tenho certeza haha), mas tomara que você leia e curta também! :D

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa série, mas sinceramente acho que ela não é muito para mim. E nem tanto pelas partes mais picantes, mas por ter os clichês e estereótipos que mais odeio em livros: insta love e romantização do machismo. Eu não consigo suportar quando pegam personagens mandões e metidos a macho alfa e apelam para a sensualização para romantizá-los.
    Fico feliz que tenha sido uma leitura agradável para você e acredito que é uma boa indicação para quem gosta de romances eróticos, mas infelizmente vou passar a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria! que pena =/ quem sabe na próxima né? :)

      Excluir
  10. Olá!

    Eu adorei essa forma que você encontrou para falar sobre os três livros sem ser cansativo para você e também para quem iria ler. Achei divertido e que você conseguiu cumprir bem o desafio. Adorei conhecer esses três livros que parecem ser tão incríveis. Pelo pouco que entendi da trama, parece ser algo que eu gostaria mesmo de ler. Obrigada pelas dicas!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?
    Eu não costumo ler livros hot, na verdade acho que li apenas alguns contos, mas livros nunca cheguei a ler nenhum do gênero, conheço pessoas que amam, uma amiga minha tem uma coleção deles hahaha.
    Para mim eles não me cativam, mas claro, questão de gosto, porém toda dica é válida.
    Parabéns pela resenha e blog, beijocas <3

    ResponderExcluir
  12. Olá!!
    Não sei se a trilogia me atraiu...
    Até gosto desses livros mais hot, e achei legal o que você disse sobre as protagonistas femininas, mas acho que eu me irritaria muito com os comportamentos machões dos homens.
    Além disso, realmente, as capas não ficaram muito boas né? rsrs
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda! os personagens machões são mais o tempero pra história do que qualquer coisa, como são histórias curtas, nem chega a irritar muito :)

      Excluir
  13. Oie, tudo bom?
    Eu curti um pouco a história toda da trilogia, porém as capas me incomodaram bastante, rs. A primeira me deu até um certo desconforto, parece uma print de algum filme pornô :( Mas me interessei por saber que quem inventou isso tudo foram duas soccer moms! Não sei se leria pois machos que são mega protetores me incomodam também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica! ahaha as capas são sempre um problema (e super concordo com a comparação da primeira capa) ---'

      Excluir
  14. Oi, tudo bem?
    Adorei o seu post e conhecer os livros, achei muito legal os títulos serem as profissões, mas achei a capa de Coach apelativa e, por ela, eu não faria a leitura. Infelizmente, apesar de você ter dito coisas maravilhosas, principalmente, com relação à mocinha, esses livros não são do estilo que costumo ler e costumam não me agradar.
    Vou passar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna! que pena =/ quem sabe na próxima vez né? :)

      Excluir
  15. Olá, Vi

    Já conhecia os livros pela capa e Thief até está no meu "quero ler" do Skoob. A proposta dela chama minha atenção, por mais clichê que possa soar.
    Não me interessei pelos dois primeiros e a capa do primeiro é bem feinha. Ahahhaha
    Gostei da ideia da postagem.

    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe