2 livros que li, gostei e ainda não resenhei

segunda-feira, maio 08, 2017

Percebi recentemente que a maior parte dos livros que leio não consigo resenhar aqui -- por n razões, mas a principal delas é que não posto todos os dias e por isso preciso selecionar o conteúdo de forma mais específica em cada semana. Pensando nisso -- e porque tenho vários livros que gostaria de indicar para você -- resolvi fazer este post com dois dos livros que li, gostei muito, mas não consegui encaixar no cronograma do blog (porque eu sou desorganizada). Vamos lá!

daqui.
1. Milorde e Medusa, de Zuca Sardan
essa capa é muito legal também
“Milorde e Medusa” é uma saga dividida em 6 baladas com 216 versos cada, do "veteraníssimo vate" e "patrono dos malditos", Zuca Sardan. Poeta e desenhista, arquiteto de formação, diplomata, carioca radicado na Alemanha, Zuca brinda o leitor brasileiro com mais um livro recheado com fino humor satírico. Personagens delirantes vivem uma aventura repleta de louca paixão e remorso, com baleias, furacões, cenas românticas e perversas, conduzida por um discurso poético e gráfico. Assim começa a saga “Milorde e Medusa”:“Leia baladas de Lorde Billno Apito Vesperal, tabloideque traz as notícias de amanhã...Se você quiser saber o que vem por aí, consulte em nosso pasquima sua atualíssima Xarada do DiaXARADA DO DIAAperte sua figa e se prepare...Número da Balada:............ 1Lance duas vezes o dado...se 1° lance deu............. 6e 2° lance deu........ 2 sua Sextilha é a................... 162”Dinâmico e rocambolesco, lance os dados e boa leitura!

Esse é provavelmente o livro de poesia mais interessante que li nos últimos tempos. Os versos de Zuca não são nada do que eu esperava a partir de sua sinopse e devorei esse e-book em poucas horas (e teria levado menos tempo se eu não precisasse fazer outras coisas ao mesmo tempo). Composto de seis baladas totêmicas, Milorde e Medusa possui um ritmo e força que eu não esperava, divertido  e conciso com sextilhas que se comunicam entre si -- e me fizeram ir rever tudo o que tinha aprendido em teoria do texto poético no primeiro ano de faculdade. Eu não sou a maior entendedora de poesia do mundo (muito pelo contrário), mas posso dizer que esses versos... ah esses versos... foram muito bem pensados e escritos. Vale muito a leitura!

2. Crave a Marca, de Veronica Roth
estou terminando esse
Num planeta em guerra, numa galáxia em que quase todos os seres estão conectados por uma energia misteriosa chamada “a corrente” e cada pessoa possui um dom que lhe confere poderes e limitações, Cyra Noavek e Akos Kereseth são dois jovens de origens distintas cujos destinos se cruzam de forma decisiva. Obrigados a lidar com o ódio entre suas nações, seus preconceitos e visões de mundo, eles podem ser a salvação ou a ruína não só um do outro, mas de toda uma galáxia. Primeiro de uma série de fantasia e ficção científica, Crave a marca é aguardado novo livro da autora da série Divergente, Veronica Roth, que terá lançamento simultâneo em mais de 30 países em 17 de janeiro, e surpreenderá não só os fãs da escritora, mas também de clássicos sci-fi como Star Wars.

Eu pessoalmente gosto bastante do estilo de escrita da Veronica Roth e quando vi na livraria Crave a Marca, precisei ter um exemplar para chamar de meu. Estou perto do final da narrativa e me envolvi com os personagens desde o início. Essa história tem página para dar e vender (são mais de 420), mas faz bom uso de cada uma delas.

Até breve! 

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe