Dois destaques de janeiro no e-galáxia

sexta-feira, janeiro 20, 2017

mais livros, menos papel <3
Neste começo de ano a e-galáxia tem dois livros em destaque para você, leitor do blog! O primeiro é de Daniela Lima, Sem importância coletiva, que tem Chernobyl como espaço da trama; o segundo é de Zeca Camargo contanto sobre sua viagem à Paris. Confira abaixo:

Sem importância coletiva, de Daniela Lima
essa capa é ótima, não é não?
Após o acidente de Chernobyl, o processo de descontaminação foi iniciado por soldados apelidados de bio-robôs. Soldados enviados para morrer. Soldados que iam onde nem as máquinas poderiam ir. A radiação parava câmeras fotográficas, de vídeo, robôs e até mesmo helicópteros. Um repórter perguntou a um bio-robô se ele sabia que ia morrer, ao que ele respondeu: "Sim, a minha vida só tem valor se terminar assim". A Ucrânia era parte da União Soviética e a maioria dos bio-robôs era membro do Exército Vermelho. É nesse ambiente que se passa Sem importância coletiva, novo livro da carioca Daniela Lima. A escritora já havia publicado Anatomia (Ed. Multifoco, 2012) e foi a única brasileira a ter seus textos selecionados pela prestigiosa antologia da The Buenos Aires Review (2014).Ricardo Lísias, autor da apresentação do livro, afirma: “Como tudo é muito concentrado, o leitor não tem muito tempo para respirar. É melhor encher o pulmão antes de mergulhar em Sem importância coletiva”.Partindo de cartas de superfície, esquemas das nuvens de contaminação, mapas geológicos do local do acidente e diagramas de arquivos científicos, o artista gráfico Fabiano Gummo interferiu nesse rico material para dar forma gráfica ao desastre, criando 6 ilustrações exclusivas para o livro.

Sobre a autora 
Daniela Lima é carioca. Jornalista, escritora e ativista, colabora com o Blog da Boitempo mensalmente. Em 2008, ganhou o prêmio de contos Exercícios Urbanos do Portal Literal. Daniela é a única brasileira a ter seus textos selecionados pela prestigiosa antologia da The Buenos Aires Review (2014). Com ilustrações de Fabiano Gummo e prefácio de Ricardo Lísias, lançou pela e-galáxia Sem importância coletiva, ambientado na Ucrânia, após o acidente de Chernobyl.

Eu ando pelo mundo: PARIS, de Zeca Camargo
:)
Após visitar mais de 100 países, Zeca Camargo apresenta a coleção “Eu ando pelo mundo”. Zeca dá dicas muito pessoais de restaurantes, museus, passeios e atividades culturais que nem sempre aparecem nos guias tradicionais. Há ainda mapas, links e playlists montadas especialmente para o ritmo de cada caminhada.Um guia para ser lido como uma saborosa narrativa de viagem. Além de ótimas dicas para quem pretende ir a Paris, Zeca Camargo abre ao leitor a sua experiência pessoal ao caminhar por um dos destinos mais visitados do mundo.Coma o melhor sushi de Paris. Visite uma charmosa papelaria à moda antiga. Conheça uma transada e futurista loja de equipamentos de som. E, principalmente, perca-se pela Cidade Luz.Exclusivo em e-book. Baixe em seu smartphone, tablet ou e-reader. Fácil de consultar, acompanha você em suas viagens sem pesar na mala. Outros destinos da coleção: Buenos Aires, Lisboa, Londres, Istambul, Madri, Bancoc, Marrakech, Nova York.

Sobre o autor
Mineiro de Uberaba, Zeca Camargo é jornalista e apresentador. Trabalha na TV Globo. Começou a carreira na Folha de S.Paulo, participou da primeira turma da MTV no Brasil e foi editor da revista Capricho. Publicou diversos livros baseados em seus quadros no Fantástico. Pela e-galáxia lançou 50, EU?, um autobiografia bem humorada sobre a chegada aos cinquenta anos, e Eu ando pelo mundo: PARIS, o primeiro de uma série de narrativas de viagens.

Até breve! ❤

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe