Doki Livros | Ônix, Jennifer L. Armentrout

quarta-feira, setembro 21, 2016

Fiquei muito ansiosa para conseguir colocar minhas mãos nesse livro -- precisava de um tempo de qualidade para isso, no entanto. Se você se lembra da minha resenha de Obsidiana (se não lembrar, coloquei o link ali atrás) sabe que eu simplesmente a-d-o-r-e-i esses personagens e fiquei enlouquecida com eles por mais de trezentas páginas -- por isso, nada melhor do que escrever uma resenha sobre uma saga que gosto na semana do meu aniversário.

o "ônix" brilha <3
Então vamos lá. Ônix começa com uma cena que a autora nos acostumou a encontrar nessa história: Daemon cutucando as coisas de Katy com uma caneta durante a aula (e eu confesso que os diálogos nessas cenas são sempre uns dos meus preferidos). Pouco tempo se passou desde que deixamos esses personagens no livro anterior e as coisas não estão melhores do que estavam naquele momento. Ou talvez elas estejam melhores mas de uma forma que os personagens ainda não saibam.

De forma geral, gostei bastande dessa sequência. Jennifer Armentrout sabe como conduzir uma história de forma maravilhosa e não me decepcionou nisso ao explorar outras facetas dos personagens, acrescentar mais detalhes e expandir ainda mais esse universo já bem complexo. Não esperava nenhum dos acontecimentos que ela trouxe (na verdade, esperava mais cenas com Daemon e Kitty Kat, aliás, senti falta das cenas em que eles ficavam se irritando), e o rumo da trama foi em uma direção incrível e cheia de possibilidades.

"Você é o do tamanho de uma daquelas bonequinhas fofoletes" - Daemon para Kat
Algumas coisas, no entanto, me deixaram inquieta. A primeira delas foi o personagem novo, Blake Saunders. Desde sua primeira aparição eu sabia (tinha certeza) de que ele iria causar problema -- qualquer tipo de problema, eu estava esperando quase tudo, menos o que ele faz. Além de atrapalhar os progressos de Daemon para convencer Kat de que seu amor é sim de verdade, Blake escondeu muitas informações que teriam feito toda a diferença se nossa mocinha soubesse antes (e se ela não fosse tão teimosa também). E aí vamos ao meu próximo item da lista.

Katy. Não sei o que aconteceu com ela nesse volume, não sei. Sua personalidade ainda é a mesma, mas seu brilho não. Em vários momentos encontrei a personagem que tanto me conquistou em Obsidiana eclipsada por uma versão insegura quanto a si mesma e quanto a uma das poucas pessoas em quem ela pode realmente confiar. Entendo sua dúvida quanto a mudança repentina na atitude de Daemon, mas depois do que aconteceu no final do primeiro livro ela deveria saber que esse alien não mentiria numa questão como essa. É claro que isso não me fez gostar menos dela -- até porque essa blogueira ainda é uma bookaholic enlouquecida como nós e faz ótimos comentários sobre as tramas dos livros que tenta ler. Mas durante toda a trama tive a impressão de que ela queria provar a si mesma e aos outros que era forte e acabou fazendo uma série de escolhas ruins -- incluindo Blake e ao afastamento de Dee. O que me leva ao próximo item,

Por que, de toda as coisas que poderiam ter acontecido, as cenas com a Dee tinham que diminuir?  [insira um emoji sofrendo aqui] E é isso, vou deixar essa pergunta aqui e seguir em frente.

"As palavras eram a mais poderosa das ferramentas. Simples e muitas vezes subestimadas. Elas podiam curar. Ou destruir."
Mas um livro não é feito apenas de inquietações. Por isso temos Daemon. Todas as cenas desse personagem são muito preciosas. Sério. Mas sem momento fangirl agora: o desenvolvimento e amadurecimento dele é visível já nas prímeiras páginas da narrativa, ainda que seu humor continue (e ainda bem que continua com tudo o que pode), é possível perceber que ele verdadeiramente se preocupa com a Katy de um forma nova -- o "me preocupo porque você é amiga da minha irmã" ficou para trás. Aliás, ele continua lendo o blog da Kat -- "Vocês, bookaholics, adoram uma amostra, certo?" ❤  Daemon, migo, adoro uma amostra! -- e está cada vez mais determinado.

Antes de acabar essa resenha, preciso falar sobre o Departamento de Defesa. Não posso contar muito senão poderia estragar o enredo, mas tudo o que vou te contar é: eu não imaginava. Tinha uma leve suspeita de que as pessoas do governo não estavam tão no escuro quanto os Luxen pensavam, mas Armentrout levou a minha suposição para outro nível. Eu queria contar muito mais sobre a trama de Ônix, mas como este é o segundo volume da saga Lux, vou me segurar um pouco mais e começar a escrever mais detalhes sobre a trama no próximo volume, porque, acredite em mim, as coisas estão prestes a mudar ainda mais e de formas irreversíveis.

Ainda gosto muito dessa saga e de seus personagens, a trama continua a envolver -- mesmo com os poréns necessário -- e cada reviravolta e descoberta te pega de surpresa de um jeito que tudo o que você conseguirá fazer é ler. E ler. E ler mais um pouco. Tenho um sentimento de que no próximo volume voltaremos a ter uma Katy mais do que incrível e de que todos os personagens novos que apareceram vão mostrar ainda mais de seus segredos. Afinal, temos mais do que Luxen lá fora -- e, apesar de assustador, isso nunca foi tão empolgante quanto agora.

Até breve! 

You Might Also Like

20 comentários

  1. Tem tempo que não acompanho uma saga assim. A história parece ótima mesmo, e o livro tá bem caprichado, pelo que dá pra ver nas fotos. Gostei!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Adorei a premissa da obra e estou super ansiosa para ler.
    Uma pena que sentiu falta de Daemon e Kat se provocando, acredito que seria bem interessante se continuasse assim.
    E fiquei muito curiosa para saber o que Blake faz e quais informações ele esconde que poderia ter ajudado aos personagens.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michele!
      Siiim, seria tão legal se os dois tivessem MAIS cenas se provocando D:

      Excluir
  3. Oie!
    Parece que esse segundo livro foi uma mistura de sensações e emoções pra você, hein?
    Uma pena a protagonista parecer ter perdido o brilho, isso desanima um pouco, pois nós só queremos mais e mais ao longo das continuações. Mas pelo menos teve muita coisa boa. Espero que o próximo seja ainda melhor!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nati!
      Foi mesmo :D Mas no geral foi bom e acho que o próximo vai ser melhor ainda sim haha :D

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu tenho lido constantemente resenhas positivas sobre os dois primeiros volumes da série Lux e apesar de achar a premissa interessante não é o tipo de leitura que está me atraindo no momento. Fico feliz em saber que mesmo com a protagonista não brilhando tanto quanto no primeiro volume você gostou da leitura. Me desanima um pouco quando a protagonista fica insegura e acaba optando por uma sequência de caminhos errados.
    Espero que o próximo volume atenda as suas expectativas e deixe a série ainda melhor. Vou anotar a dica aqui e em um momento mais oportuno espero lê-Los.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anna!
      É, a gente precisa estar no feeeeeeling pra ler romances sobrenaturais né? Tomara que quando/se você ler, também goste tanto da história quanto eu :D

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Nossa confesso que Obsidiana e sua continuação sempre estiveram entre meus desejados porém nunca comprei :( Acho que já esperava que isso acontece: a alteração e altos e baixos da personalidade da protagonista. Acho que por isso tenho a mania de esperar os lançamentos dos 3 da trilogia para ver se vale a pena não. Mesmo com seus porém citados, de alguma forma sua resenha me instigou. Vou esperar o último ser lançado pra enfim ver o que vou fazer. Ah e você sabe quando vai ser lançado? Muito bem escrita sua resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Olha, essa é uma boa pergunta! Espero que não demore muito para o lançamento do próximo (mas acho que talvez no ano que vem?) :D

      Excluir
  6. Oi, Vitória!
    Essa trilogia continua bem em alta desde que foi lançada por aqui, apesar de eventuais ressalvas. Já quis muito ler os livros, mas perdi tanto o interesse com o passar do tempo que não sei mais se ainda pretendo dar alguma chance ou não. Eu muito provavelmente me irritaria feio com a protagonista nesse segundo volume por tanta insegurança, teimosia e impulsividade, mas é realmente ótimo, apesar disso, se sentir representada de alguma forma com uma personagem igualmente apaixonada por livros como nós, blogueiras e blogueiros literários. Ainda que não venha a ler todos os livros, de repente, mas espero que ela venha a melhorar de verdade no terceiro livro para ao menos encerrar a trilogia com chave de ouro e boa atitude. Parabéns pela ótima resenha também!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sammy!
      Então, acho que faz parte esses altos e baixos... porque querendo ou não, é um personagem que tenta refletir uma existencia real, e nós mesmos temos altos e baixos (mesmo na nossa personalidade), então acho que dá para levar de boa haha mas sim, também espero que ela volte aos trilhos no próximo livro!

      Excluir
  7. Oi Vitória!

    Uai, aparentemente todo mundo tá reclamando da Katty nessa continuação. Em todas as resenhas que eu li, falam que ela se tornou uma personagem muito insegura, coisa que ela não era em Obsidiana. E é assim mesmo né... Personagens inseguros tendem a fazer escolhas ruins. Gente, é impossível a gente não se identificar com ela, né? Blogueira, amante de livros, tudo o que somos. Tô louca pra ler. ;)

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      É, ela saiu um pouco dos trilhos, mas acho que vai voltar logo haha E sim, não tem como não gostar dela haha
      :D

      Excluir
  8. Olá! Que delícia quando acontece de gostarmos muito do primeiro volume de uma série, a sequência vem e nós gostamos. Que bom que teve um personagem novo e que, apesar de uma Katy insegura nesse volume, você continuou gostando dela. Um personagem com humor sempre dá um toque divertido ao livro. Adoro livros com reviravoltas e espero que o próximo volume seja tão bom quanto este.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karla!
      Siiim, é muito bom quando isso acontece né? *Adoro*

      Excluir
  9. Olá!
    Já li comentários positivos e entusiasmados sobre essa série, e estou bem curiosa para ler..
    Sua animação me deixou ainda mais animada, adoro livros com personagens iguais ao Daemon, que rouba a cena e deixa tudo mais instigante! Será uma série que irei ler no próximo ano, pois esse ano está difícil inserir novos livros, ainda mais séries rs'

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tahis!
      Olha, super apoio a sua leitura! haha quando começar a ler, me conta que a gente conversa sobre a história! :D

      Excluir
  10. Alguns leitores já me indicaram essa saga, uma amiga minha é muito fã também e confesso que tenho certa curiosidade. Gostei de saber que essa continuação continua boa, mesmo com alguns pontos a ressaltar, principalmente em relação a protagonista, mas pelo que pude perceber, talvez essa mudança em sua personalidade, talvez seja pela idade da protagonista, não? Talvez a intenção da autora fosse deixa-la mais humana, com defeitos e qualidades, não sei, mas foi o que me pareceu lendo a resenha.

    Enfim, espero ler ambos os livros um dia e torço para gostar também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, tenho pensado nisso também, Sammy! Acho que é um reflexo da idade dela!

      Excluir

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe