Doki Livros | Delícia, Delícia, Donna Kauffman

quarta-feira, julho 27, 2016

Sabe aquele tipo de livro que passa a história inteira te tentando e te deixa morrendo de vontade de acabar com o estoque de uma confeitaria? Pois é, a trama de Donna Kauffman é esse tipo de livro.

o mais perto que eu consegui de um cupcake hoje...
Levei Delícia, Delícia para ler durante a viagem da minha cidade até São Paulo quando fui no Anime Friends há algumas semanas (o tempo passa muito rápido!), mas acabei dormindo durante a viagem ao invés de ler (aconteceu a mesma coisa na volta, fazer o quê?). Mas quando peguei para ler de verdade, me diverti muito!

Na trama, acompanhamos Leilani, uma confeiteira mais do que talentosa que se mudou de Nova York para a pequena Ilha de Sugarberry, em seu recomeço -- que estava indo muito bem, obrigada, até que seu antigo chefe, Baxter, resolve levar seu programa de culinária para a recém-inaugurada confeitaria dela. E é claro que aquela paixão que Lani jurava para si mesma que havia ficado no passado, faz com que a moça não saiba como agir e pensar (para proteger seu coração) com as investidas um tanto quanto apaixonadas do chef.

O livro é contado tanto pela visão de Leilani quanto pela de Baxter, com capítluos intercalados entre os dois -- o que é muito bom pois um ponto de vista completa o outro, deixando o leitor a par dos sentimentos reias desses dois personagens enquanto a narrativa avança e as coisas acontecem. É bonitinho ver Baxter todo empenhado em conseguir o que quer -- e depois, todo triste consigo mesmo por não ter pensado direito em seus planos. A mesma coisa acontece com Lani, que se derrete todas as vezes em que está perto do Chef Hot Cakes e faz de tudo para se manter afastada.

então... estou sem câmera e sem celular, por isso as imagens da resenha não ficaram boas D:
Confesso que achei os primeiros capítulos um pouco parados  -- parados talvez não seja a melhor descrição porque estava acontecendo bastante coisa na história: Baxter tinha chegado, houve a introdução dos personagens e da situação... mas alguma coisa fez com que a leitura não rendesse tanto quanto eu gostaria, o que me desanimou um pouco. Mas lá pela página 70 eu comecei a me divertir mais com a narrativa (que realmente provou ser uma delicinha), "peguei no tranco", me empolguei e li tudo em pouco tempo.

Gostei muito da forma com que a autora lidou com a história. Donna amarra os acontecimentos -- e inclui detalhes que não me pegaram completamente de surpresa com o passar dos capítulos -- de forma a criar não apenas a atmosfera de um romance cheio de tensão, mas de um contexto inteiro onde todas as peças (personagens principais e secundários) são extremamente importantes. A linguagem não tinha segredos e, por estarmos acompanhando tão de perto os personagens, é possível para o leitor se conectar com os sentimentos e reações que são mostrados. Particularmente gostei muito do tom sarcástico e até mesmo bravo de Lei-Lei (ela é uma personagem ó-ti-ma!) e me diverti bastante com os pensamentos dela sobre ser a Barbia Confeiteira Justiceira (a imagem mental foi maravilhosa) e com a forma como Baxter a chamava de querida.

Aliás, Baxter me deixou encantada. Mesmo no começo, quando a leitura não estava rendendo para mim, os capítulos em seu ponto de vista sempre me agradaram. Sua confusão por encontrar Lani com um comportamento diferente do que conhecia, seu charme e sua delicadeza... (suspiro) -- e falar do charme de Baxter me faz falar de Alva, a senhorinha fofoqueira da pequena cidade com uma energia quase inesgotável e completamente encantada pelo Chef.

Alva é uma personagem preciosa. No ínicio pensei que ela seria apenas mais uma personagem secundária com a função de espalhar fofoca, mas com o passar da narrativa percebi que, além de ser muito fofa e divertida, esse senhorinha ajudaria Lani a pensar em certas coisas. Esse também é o caso de Charlotte, a melhor amiga da nossa protagonista. Charlotte é uma boa ouvinte e uma conselheira melhor ainda -- além de ótima Chef também. De forma geral, todos os personagens secundários, melhor dizendo, todos os personagens têm uma função que é cumprida de forma mais do que satisfatória.

acho que dá para ler "o clube do cupcake", né?
Também não posso deixar de comentar que os detalhes da diagramação são muito delicados: tanto as letras divertidas usadas nos capítulos (como você pode ver na foto lá em cima) quanto "o clube do cupcake" escrito nos topos das páginas ímpares são agrados a mais ao leitor.

Claramente esse livro serviu para me deixar morrendo de vontade de comer cupcakes (não é à toa que comi um daqueles chocolates Talento [aquele de doce de leite, sabe?] sozinha enquanto escrevia essa resenha) -- além de ficar morrendo de vontade de encontrar em Chef desses, é claro --, e também para me dar um refresco de histórias cheias de drama. Delícia, Delícia é, literalmente, uma delícia de ler.

Até breve! 

You Might Also Like

22 comentários

  1. Oi
    eu quero ler esse livro, parece ser uma história leve.
    gosto quando mostra a visão dos dois, pois temos uma noção do que o mocinho que está pensando.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      Siiiiim, adoro livros com os dois pontos de vista por isso também! :D

      Excluir
  2. Oi Vitória!
    Conheci melhor esse livro no dia do evento da Valentina e fiquei doida para ler!!!! A história parece ser super levinha, mas o que me chamou mais atenção mesmo foi pela personagem ser confeiteira e tudo se passar no meio de doces. Hahahaha Foi o suficiente para ele ir parar na minha listinha de desejados.
    Que bom que curtiu a leitura! Ele parece ser bem rápido mesmo. Tem muito livro que é assim mesmo: começa paradinho e depois vai ficando mais legal.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Neyla!
      Siim, a história é super fofinha e levinha depois que pega no tranco haha. E nossa, os doces <3 hahaha bjus!

      Excluir
  3. OOi Morgs!
    Esse livro parece ser muitooo fofo! Assim como a capa haha
    Realmente deve ser uma delicia de ler. Todas as resenhas que li dele até agora são positivas. Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, é uma delicinha :3 Tomara que você leia sim! - Se ler, volta aqui pra me contar o que achou! :D

      Excluir
  4. Oiii Vitória como vai?
    Garota eu estou louquinha para ler esse livro, além do mais a edição está uma fofura só <3 despertou muito meu interesse ainda mais depois de ler sua resenha que está incrível, dica anotada.
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgana!
      Essa edição é uma graça mesmo! :3 E obrigada por gostar da resenha :D

      Excluir
  5. Valentina arrasa na diagramação e os detalhes não é? AMO! Adorei conhecer mais esse livro e ver que é um romance legal <3 Que bom que são dois pontos de vista porque adoro. Acho que começo d capítulos são sempre chatos e confusos né? Adorei a resenha <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, Carol! Eles sempre capricham bastante! <3 Mas verdade, muitas vezes os começos são mais confusos mesmo, mas no geral, a história é uma delícia mesmo! :D

      Excluir
  6. Sinceramente, não me senti cativada por esse livro, o que é uma pena, pois pensei que seria uma trama que eu iria gostar, talvez pelo fato que atualmente, os romances estão um pouco saturados para mim e saber que o inicio de Delicia Delicia é bem parado e demora para engrenar, me deixou ainda mais receosa, mesmo que por fim, ele se mostre uma boa leitura, só que acredito que este não seja um livro indicado para eu ler atualmente, mas mesmo assim, gostei de acompanhar sua visão sobre a obra, quem sabe em uma outra oportunidade eu dê uma chance?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sammy!
      É, então, pra mim demorou um pouco pra me prender realmente na trama, mas acho que isso é de pessoa para pessoa, conheço meninas que adoraram desde o ínicio. Mas sim, talvez daqui algum tempo... :D

      Excluir
  7. Oi Vitória, sua linda, tudo bem?
    Eu também achei esse livro uma delícia de se ler, risos... O clube do cupcake é divertido sim, e enquanto elas vão conversando, o que nos deixa com um a vontade louca de comer são as receitas que elas preparam. Adorei esse livro!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cila!
      Num é? A gente precisa de um estoque de doces pra dar conta das lombrigas desse livro! haha :D

      Excluir
  8. Oiii!!

    Adoro livros que nos deixa com essa sensação. Confesso que fico brava quando não tem nada pra comer hahahaha mas adorei saber que mesmo com o incio lento, ele vai conquistando o leitor.
    Dica anotadinha.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      hahaha pois é! sempre tem que ter alguma coisa para comer hahaha mas sim, aos poucos os personagens cativam mesmo :D

      Excluir
  9. Oi Vitória!
    E esses chocolates na foto aí? Sacanagem hein, fiquei com vontade e não tem! rs
    Eu vi uma outra resenha desse livro que foi negativa, então gostei mais ainda de saber sua opinião, assim eu vejo dois pontos de vista da história né. Não sei se é uma leitura que eu faria no momento, estou precisando de coisas leves mas mesmo assim ainda to sem paciencia rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nathalia!
      Haha então né... precisava de uns doces depois desse livro! haha é, precisa de um pouco de paciência pra pegar o ritmo, mas que bom que a minha resenha foi útil! :D

      Excluir
  10. Ah!!! Sinceramente?? Não gosto muito de livros que falam de comida não. Pois na maioria das vezes os lugares que to lendo não da para eu estar comendo no momento, então fico morrendo de vontade e as vezes nem me concentro direito na história. Talvez eu leria esse livro, mas me desanimou um pouco quando você disse que o inicio da história era meio parado. Vamos ver...vou analisar. Muito boa a resenha.
    Bjss

    livrosemarshmallows.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kelly!
      É, esse é um problema mesmo, porque dependendo da história a gente passa uma vontade imensa! xD Eu acho que vai de pessoa pra pessoa, talvez se eu voltar a ler mais para frente não ache o começo tão parado, mas veja ai sim! :D

      Excluir
  11. Personagens bem construídos e que acabam de uma forma ou outra sendo importantes para o enredo de um livro são um ponto super positivo para mim como leitora. O problema de ser um pouco lento no começo talvez não me incomodasse, mas tudo depende de como as coisas funcionam né. Parece ser um livro bem humorado e delicioso (desculpa o trocadilho kk) adora as edições da editora e tenho certeza que capricharam nessa obra tbm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ju!
      O trocadilho é impossível não fazer hahaha e a edição está linda mesmo :3

      Excluir

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe