Yeonmi Park e sua jornada para a liberdade

segunda-feira, março 21, 2016

Você provavelmente já viu essa jovem norte-coreana em algum post na internet nos últimos dois anos. Seu nome é Yeonmi Park. Hoje, aos 22 anos, Yeonmi é ativista dos direitos humanos e possui uma incrível história de superação e coragem para compartilhar -- ela atravessou a China para fugir da ditadura na Coreia do Norte -- e é essa história que você confere nesse lançamento da Companhia das Letras.
daqui.
"Eu não estava sonhando com liberdade quando fugi da Coreia do Norte. Eu nem mesmo sabia o que significava ser livre. Tudo que sabia era que, se minha família ficasse para trás, provavelmente morreríamos — de inanição, de alguma doença, das condições desumanas de um campo de trabalho para prisioneiros. A fome tornara-se insuportável; eu queria arriscar minha vida pela promessa de uma tigela de arroz. Mas em nossa jornada havia algo mais do que nossa própria sobrevivência."

a capa do livro
Yeonmi Park não sonhava com a liberdade quando fugiu da Coreia do Norte. Ela nem sequer conhecia o significado dessa palavra. Tudo o que sabia era que fugir era a única maneira de sobreviver. Se ela e sua família ficassem na terra natal, todos morreriam -- de fome, adoentados ou mesmo executados.
Yeonmi Park cresceu achando normal que seus vizinhos desaparecessem de repente. Acostumou-se a ingerir plantas selvagens na falta de comida. Acreditava que o líder de seu país era capaz de ler seus pensamentos. Aos treze anos, quando a fome e a prisão do pai tornaram a vida impossível, Yeonmi deixou a Coreia da Norte. Era o começo de um périplo que a levaria pelo submundo chinês de traficantes e contrabandistas de pessoas, a uma travessia pela China através do deserto de Gobi até a Mongólia, à entrada na Coreia do Sul e, enfim, à liberdade.
Neste livro, Yeonmi conta essa história impressionante pela primeira vez. Uma história repleta de coragem, dignidade -- e até humor. Para Poder Viver é um testamento da perseverança do espírito humano.
Até que ponto estamos dispostos a sofrer em nome da liberdade? Poucas vezes a resposta foi dada de modo tão eloquente.

Para mais informações sobre o livro, confira o site da editora clicando aqui. Ou garanta o seu exemplar na Saraiva [aqui],  Cultura [aqui], Travessa [aqui] ou Livraria da Folha [aqui].

Até breve! 

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe