Doki Livros | A Livraria 24 horas do Mr Penumbra, Robin Sloan

domingo, janeiro 26, 2014

A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra
Uma divertida e emocionante aventura sobre conspiração internacional, códigos secretos, amor platônico – e o segredo da vida eterna
Autor: Robin Sloan
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Classificação: 4/5 Luas
capa
Quando começaram as propagandas sobre esse livro, bem eu já tinha ouvida muitas coisas a respeito dele. E estava curiosa. Muito curiosa. Não é todo dia que escuto uma amiga dizer que largou todos os livros que estava lendo para se dedicar somente a leitura de um – eu, pessoalmente, raramente faço isso. Então, foi com muita felicidade e ansiedade que recebi A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra. E o resultado disso, você confere agora.

Somos apresentados a Clay, um web designer que consegue um emprego de balconista na livraria do Mr. Penumbra e aos poucos, ele percebe que aquela livraria é mais do que aparenta. Com um grupo de amigos, ele se vê em uma missão e se envolve em eventos fantásticos envolvendo muito mais do que livros – uma sociedade secreta e códigos tão secretos quanto. É uma mistura de passado e presente envolvente. Foi uma boa experiência, mesmo que alguns pontos tenham me decepcionado um pouco.

Alguma coisa no personagem principal não conseguiu ganhar todo o meu coração. Talvez esteja no fato de que seus amigos são um cara fissurado por computadores e uma moça lindamente inteligente que, é claro, é a paixão de Clay. Para mim ele tinha uma mente juvenil demais. Ou então eu esperava muito e me senti frustrada. E é exatamente esse tom juvenil demais que mais me desagradou. Com todos os personagens adultos, eu esperava uma narrativa mais adulta, mais séria. A Livraria 24 horas tem mais similaridades com uma obra young para garotos adolescentes – com os personagens bidimensionais e tudo.

A facilidade com que os problemas encontrados por Clay, Neel e Kat conseguem ser removidos é provavelmente um traço da narrativa de Sloan e a maneira que o autor conseguiu de mostrar que atualmente acreditamos que tudo possa ser encontrado e resolvido na internet – chega até a ser cansativo o número de vezes que Google, Twitter e outros aplicativos são utilizados.

É, de fato, uma leitura divertida. É leve. É sem problemas. E cada personagem tem suas habilidades específicas em uso para um bem comum. Mas, ao final, eu realmente não senti toda a empolgação que aquela minha amiga me passou no começo da resenha. Uma pena, certamente – e pretendo lê-lo novamente no futuro para tirar a prova.

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe