Doki Livros | Sangue na Neve, Lisa Gardner

sábado, agosto 17, 2013

Sangue na Neve - Uma mulher é capaz de tudo para defender aquilo que ama
Autora: Lisa Gardner
Editora: Novo Conceito
Páginas: 416
Classificação: 3.5/5 Luas
capa
A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confrimam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D. Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples. No entanto, ao abrir o inquérito, D.D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e - afinal, - onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou no marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha? D.D. Warren, a esperiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética or uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.

Uma das características de narrativa de Lisa Gardner que me fazem adorá-la é a engenhosidade e sutileza utilizadas nas cenas e conflitos de seus personagens, e, em Sangue na Neve, esses elementos não ficam de fora, pelo contrário, aparecem sempre.
Nesse novo caso de D.D. nos deparamos com uma intrincada artimanha de um grupo de policiais - que envolve assassinatos, jogo, dinheiro e o sequestro de uma criança inocente.
Como sempre, Lisa consegue manter um ritmo constante e forte durante sua narrativa, seu narrador passeia entre D.D. e Tessa para fazer o leitor entender o que realmente está acontecendo - mas, realmente, só conseguimos entender nos capítulos finais.
Tessa é uma personagem forte e que ama a filha acima de tudo e de todos. Gosto de pensar que Brian também amava a mulher e a enteada, apesar de restarem dúvidas sobre isso. Provavelmente perdi alguma coisa com Tessa, apesar de todas as suas qualidades, não consigo gostar dessa personagem. Todas as vezes que a história acompanhou o seu olhar, fiquei desinteressada na continuação. E só cheguei ao final por querer, enfim, saber o que estava realmente por trás de toda a morte e dor - e por D.D. e Bobby.
Falando em Bobby, já gostei mais desse personagem. Agora, casado e com uma filha, suas falas ainda são oportunas e bem construídas, mas o momento relembrar é viver que ele e D.D. compartilharam foi desnecessário, além de mostrar uma faceta volúvel e instável dos dois detetives.
Gostei do ritmo da narrativa e das surpresas que o enredo guardam, mas alguma coisa não me deixou feliz. Provavelmente porque, como era de se esperar, o foco estava quase inteiramente no caso de Tessa, o que prejudicou - na minha opinião - a novidade que envolve a vida de D.D. e a corrente de sentimentos e medos que acompanham essa novidade.
Com a gravidez de D.D., muitos sentimentos afloraram na detetive e não foram realmente explorados. Ela estava com medo, sim, e contou com o apoio de Bobby durante toda a investigação e eventual processamento da informação, mas e quanto à Alex? Como leitora, gostaria de ler a cena em que ela conta para o namorado que está grávida, e até mesmo, de mais cenas em que os dois interagem. O que aparece nesse livro é muito pouco!
A história é boa, bem orquestrada, mas faltou alguma coisa no meio dessas mais de quatrocentas páginas. Independente disso, se você gosta de uma boa história policial, sem tanto românce, essa é uma boa pedida. Anote aí, Sangue na Neve, de Lisa Gardner.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Woah, essa história parece ser bem forte. Não sou muito fã de livros policiais, detetives e afins, mas você me deixou curiosa com a resenha.

    ResponderExcluir
  2. Belo resumo, trazendo uma trama bem amarrada, prendendo a atenção dos leitores até a última página, já está na minha lista.

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Que maravilha saber mais porque logo lerei ele ^^
    Já falaram muito bem da autora,porém vi resenhas negativas e positivas, tive que pesquisar mais até ter certeza rs
    Bom saber mais do que ache do Bobby.
    haha 400 páginas? maravilha o/
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Tamires C.
    https://twitter.com/tatacipriano12/status/393122043018768385

    ResponderExcluir
  4. Meu gênero predileto, estou lendo este livro e posso dizer é impossível largar ele , você é levado pela trama, adoro os personagens fortes e o autor não se perde nos detalhes.

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe