Acordei... ou não?

segunda-feira, fevereiro 08, 2010


desenho do Kurt Halsey
Alguma coisa incomodava meus olhos. Claridade. Alguém havia ascendido a luz. Sam provavelmente. Mas ela não iria dormir fora hoje? Tanto faz, quero dormir.
-Sam, apaga essa luz. -disse por fim, sonolenta demais para abrir os olhos.
-Não sou Sam.
Aquela voz me petrificou por dentro. E me acordou completamente. Eu conhecia o dono dela. Não havia como fugir agora, havia? Não. Abri os olhos e olhei para o lado. Lá estava ele. Rob. Glorioso como sempre. E deitao de costas na cama ao lado. Pânico me invadiu.
-Você vai dormir aqui? -esganicei.
Ele me olhou e sorriu satisfeito.
Ainda era o mesmo. É claro, ele não teria porque mudar. Diferente de mim, que tive que assumir a empresa da família e tudo o mais. Eu tenho que ser responsável e ficar aqui, nesse fim de mundo, cuidando de uma coisa de que não gosto (pelo menos não agora...).
Irritada, olhei mais uma vez para Rob e precebi que ele continuava a me olhar e sorrir. Bufei e virei, de costas para ele, fechando os olhos para tentar dormir novamente, mesmo com a claridade.
-Hey, Nathalie, o que foi? -sua voz estava alarmada. E de repente seu braço estava em cima do lençou, ao meu redor, como ele costumava fazer antes de ir embora. Quando falou novamente, sua voz estava divertida. -Tem medo de não conseguir se controlar se eu dormir do seu lado?
-É claro que não. -mas toda a minha força de vontade de uma só vez quando me virei e olhei dentro de seus olhos satisfeitos. Desviei o olhar antes que fizesse alguma bobagem, me prendi em examinar suas roupas. Distração. Ele usava uma blusa preta de algodão com mangas compridas. O mesmo estilo de antes. Seu perfume suave tomava conta de todo o quarto.
-Não sou mais aquela garota, Rob.
-Nathalie, olhe para mim. -ele estava mandando. Mas não obedeci. Percebendo que eu não iria olhar, ele me pegou em seus braços e me colocou sentada em sua frente na cama. Eu me forçava a não olhar para seu rosto.
-Eu sou mais teimoso do que você. -Riu e com isso segurou forte em meu queixo. Não havia como fugir.
Olhei para ele, seus olhos queimaram nos meus.
-Me diga. Se esqueceu de mim? -perguntou com aquele jeito indefeso que fazia meu coração parar de bater.
Como eu poderia me esquecer de que o amo? Impossível.


E... aí está! Meu bônus para você!
Escrevi esse texto há alguns dias... ainda não terminei, mas resolvi postar aqui o começo...
Então, se você tiver alguma sugestão... (uma iluminação divina, qualquer coisa...)
Rsrsrs hoje estou MUITO feliz... !!! 8D
Boa noite para você!

You Might Also Like

3 comentários

  1. esse é meu ponto fraco. historinhas de amor haha
    adorei. adorei, adorei, adorei!
    por mim, voce pode continuar pra sempre!
    to te seguindo :)

    ResponderExcluir
  2. Ahhh,continuaa amiga *_*
    Eu também adoro histórias de amor.Aliás,sou apaixonada por histórias.


    Beeijinhos (:

    ResponderExcluir
  3. Tive uma iluminação divina pra vc!!! haha
    Q tal continuar a história? hahahahaha
    Bjão pra vc!
    E to esperando, viu? hahahaha

    ResponderExcluir

Obrigada por passar no Doki Doki :) A sua visita é muito importante para mim. Gostou de alguma coisa? Não gostou? Me conte! ;)

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Editora parceira

Subscribe